Brasileiros pelo mundo: conheça uma cafeteria com cachorros na Coreia do Sul

Hoje vamos ler e descobrir juntos uma cafeteria com cachorros na Coreia do Sul. Sim voyajante, você leu certo, hoje levaremos você para a Ásia, um continente que, infelizmente, ainda não exploramos no blog mas que já mora no nosso coração, tamanha sua riqueza cultural e histórica. Pegue o seu café – com o perdão da obviedade – e bora lá!


Uma das coisas que mais gosto de viajar – e de consumir e produzir conteúdo de viagem – é a troca de experiências. A gente cresce um monte viajando, né? E quando a gente compartilha com quem a gente conhece os nossos relatos e dicas mais preciosas, parece até que os levamos com a gente para viajar junto, dividindo um pouquinho daquela experiência também com quem a gente quer bem, né? E essa é uma via de mão dupla, já que também é muito legal quando a gente se abre para escutar histórias – e estórias -, experiências, relatos, descobertas e até perrengues dos brasileiros espalhados pelo mundo. Crescemos todos juntos, né não? Pois bem.

O relato que vamos ver hoje é da Karina Oliveira, uma das minhas melhores amigas, que já desbravou tantos países que eu nem saberia explicar e que tem uma das profissões mais bonitas do mundo ao meu ver: a de ensinar. E ele não é só professora, como é professora de língua portuguesa!

E a Karina ensina nosso português-BR para os jovens coreanos – e eu sempre achei isso incrível – e mora em Yangsan, uma cidade que fica mais ou menos perto de Busan a principal cidade portuária da Coreia do Sul e a segunda mais populosa cidade do país. Ela está lá há cerca de dois anos e compartilhou com a gente hoje um relato sobre como é um café com cachorros na cidade.

Mas, veja bem, não é somente uma cafeteria para a qual você pode levar o seu dog amigo para passear, é uma cafeteria que JÁ TEM seus próprios doguinhos para você brincar e fazer companhia. Vem comigo que a Karina nos explica:


“Já há algum tempo eu conhecia o conceito de “café com gatos”, mas foi aqui na Coreia do Sul pela primeira vez que eu encontrei cafeterias com outros animais. Além de cachorros, aqui na região onde moro existe também um café com guaxinins, que ainda não conheço, mas que pretendo visitar.

Fiquei sabendo desse café com cachorros, na verdade, porque da janela do apartamento onde eu moro é possível ver o topo do prédio onde o café fica, e quando eu mudei pra cá comecei a reparar que todo dia, por volta das 9h ou 10h da manhã, apareciam vários cachorros no topo do prédio, ficavam lá por um tempo, correndo e brincando, e depois desapareciam. Procurei no mapa o que tinha naquele prédio e vi o café, que se chama “I love puppy”.


Os cachorros às vezes pulam e ficam super animados com as pessoas novas que chegam. Tem cachorros de vários tipos diferentes, mas todos muito amigáveis e bonzinhos.

O conceito no geral é que é um café com bebidas normais de cafeteria, mas além disso tem vários cachorros lá e os clientes podem passar o tempo brincando com eles. Além disso, nas vezes que visitei também vi pessoas que levam seus próprios cachorros, imagino que pra poder dar oportunidades pros seus cachorros poderem brincar com outros cachorros também.

Logo que a gente chega na porta, todos os cachorros vem correndo e latindo pra pessoa nova que aparece, e os desavisados acabam levando um susto. Tem um aviso na porta pra esperar algum funcionário vir abrir o “portãozinho” pra poder entrar (aviso esse que tava em coreano e eu não entendi, haha, mas como na primeira vez que fui tinha uma amiga coreana comigo ela logo traduziu o aviso pra mim). Depois de alguns segundos um dos funcionários chega e acalma os cachorros, e aí a gente pode entrar. Os cachorros às vezes pulam e ficam super animados com as pessoas novas que chegam, mas logo se dispersam. Tem cachorros de vários tipos diferentes, mas todos muito amigáveis e bonzinhos.

Cafeteria permite que clientes brinquem com cachorros na Coreia do Sul

O café tem um salão todo adaptado pra que seja possível brincar com os animais: as mesas e cadeiras ficam nos cantos, perto das paredes, e no meio do salão tem bastante espaço pra poder brincar com eles. Esse café que eu visitei também tinha um outro salão, com grama sintética e várias casinhas de cachorro espalhadas, e as pessoas podiam ir e vir livremente entre os dois salões.

A bebida que a gente compra acaba sendo só uma desculpa pra poder estar lá e brincar com os bichinhos, e é importante ter cuidado pra não perder o café, porque os cachorros sobem nas cadeiras, mesas, muros e também nas pessoas! Eu amo cachorro e fui lá justamente pra poder interagir bastante com eles, mas pra quem não curte muito talvez possa ser um pouco difícil. A segunda vez que eu fui, um dos cachorros subiu na nossa mesa e ficou lá um bom tempo, enquanto a gente fazia carinho nele. Foi muito terapêutico!

Cafeterias na Coreia do Sul

Esse café fica na cidade de Yangsan (vizinha de Busan, que é a segunda maior cidade da Coreia do Sul), e é o único que eu conheço por aqui até agora, mas pelo que percebi esse tipo de lugar é razoavelmente comum aqui no país. Mas é preciso ter atenção à manutenção do local, se os donos e funcionários cuidam bem da limpeza, porque algumas pessoas me falaram que já foram em alguns cafés com cachorros que não eram limpos periodicamente, então o cheiro não era assim tão agradável. Mas posso afirmar que esse café em Yangsan é limpinho, agradável, e diversão garantida pra quem gosta de cachorros!


Achei uma solução maravilhosa – e curiosa – para quem gosta de animais, não acha? Às vezes tudo o que precisamos é de um afago em um bichinho para o dia melhorar 100%. Por isso, se você estiver com viagem programada para a Coreia do Sul e gosta de animais, aproveita essa dica e procura se tem algum café desse tipo para você conhecer por perto de onde estará hospedado.

E se você conhece aquele cantinho no mundo que é tão bacana que você gostaria de compartilhar para que todo o mundo conhecesse, não se acanhe e escreva para a gente! Quem sabe o seu relato não é o próximo a aparecer por aqui na nossa versão de brasileiros pelo mundo? Bora compartilhar as boas dicas de viagem por aí e ter 7 anos de sorte (essa corrente funciona, juro, pode compartilhar).



SOBRE NÓS

O Voyajando surgiu do sonho de criar um espaço para trocar dicas de passeios, restaurantes, hotéis e tudo o mais que envolve os pequenos períodos maravilhosos da vida que chamamos de viagens. São elas que nos proporcionam a possibilidade de descobrir novos universos, ter contato com outras culturas e outros jeitos de ver a vida. O Brasil e o mundo estão cheios de lugares incríveis. Vamos conhecê-los juntos?
Booking.com

COMPRE SEUS INGRESSOS

________

Posts  Relacionados

Deixe  um  comentário

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: