Como é morar na Bélgica? Brasileira se muda com família para Bruxelas

Chocolate? Cerveja? Batata frita? Que outros clichês envolvem a Bélgica para nós, brasileiros? A @jeaninecarpani já passou um dia em Bruxelas e se apaixonou, mas foi a turismo (e contou tudo aqui, clica para ler), mas sabemos bem que para conhecer a fundo um país, só mesmo morando nele. E foi essa a decisão que em 2019 a professora de yoga Leslie Pinheiro tomou quando decidiu se mudar junto com a família para Bruxelas e conhecer muito além dos clichês. Três anos depois, ela hoje compartilha com a gente como é morar na Bélgica.

Leslie e aproximadamente outros 40 mil brasileiros escolheram chamar esse país de casa e ela nos concedeu uma entrevista contando como é morar por lá para a nossa série sobre Morar fora do Brasil. Você tem acompanhado? Já contei minha experiência em Milão e já tivemos também uma experiência de uma advogada que se mudou para o Canadá. Em breve a gente traz mais, então não deixe de nos acompanhar por aqui.

Agora vamos acompanhar – e aprender – mais com a experiência da Leslie. Aliás, ela conta tudo isso e um pouco mais no Instagram @eulesliepinheiro onde mostra o dia a dia na Bélgica e outras viagens que faz pela Europa. Segue lá!

Leslie compartilha a sua vida na Bélgica no seu Instagram

Eu sou a Leslie Pinheiro, brasileira de São Paulo. Sou formada em Odontologia, mas depois dos filhos eu parei de trabalhar pra cuidar deles. Tenho 2 filhos: um menino de 16 anos e uma menina de doze anos. Aos 37 anos eu me formei professora de yoga, e desde então dou aulas de yoga. Tenho 45 anos e sou uma virginiana fora dos padrões, pelo menos eu acho (risos), porque não sou neurótica com organização e gosto de levar a vida com leveza.

Morar na Bélgica: quando tudo começou

A minha história com a Bélgica começou em 2019, quando eu ainda morava em Portugal. Sim ! Eu mudei de país duas vezes ! Em 2019, meu marido recebeu uma proposta pra trabalhar na Bélgica. E eu gostei da idéia logo de cara. Meus filhos já estavam habituados em Portugal, então foi mais difícil convencê-los de uma nova mudança. Mas a proposta era boa, e não queríamos deixar passar, afinal não sabemos se uma boa oportunidade bate na nossa porta duas vezes, né? Então, tudo aconteceu muito rápido, entre as entrevistas e a mudança, foi questão de 1 mês. Como meus filhos estavam em período escolar, meu marido veio primeiro e depois de 2 meses eu cheguei em Bruxelas com meus filhos.

Eu sempre digo que não fui eu que escolhi a Bélgica, e sim, a Bélgica que me escolheu, a mim e à minha família

O início aqui no país do chocolate, da cerveja e da batata frita não foi fácil, pois como disse antes, meus filhos já estavam adaptados em Portugal, e aqui, a daptação foram com os novos idiomas, pois aqui temos três idiomas oficiais, o francês, o nerlandês e o alemão. Mas aqui em Bruxelas falamos com mais frequência o francês.

Outro desafio inicial, foi com relação ao clima, pois saímos de Lisboa, onde faz sol na maior parte do ano, e chegamos em Bruxelas, onde a maior parte do ano temos dias cinzas e garoentos. Mas eu tive muita força de vontade em continuar, e dei muito apoio ao meu marido e também aos meus filhos, pois, apesar do mal tempo e da adaptação dos filhos, desde o princípio eu senti que a Bélgica é um país bom de se viver, é um país com grande mistura cultural, sendo que aqui em Bruxelas vivem centenas de nacionalidades diferentes. É um país com muita oportunidade.

Morar na Bélgica é uma experiência inesquecível
Morar na Bélgica é uma experiência inesquecível!

E depois de quase três anos vivendo aqui, vejo o quanto foi bom segurar a barra e insistir em continuar. Meus filhos estão muito bem adaptados, amadureceram e evoluíram muito. E eu me acostumei até com o tempo cinzento, acho isso muito romântico (risos), e ainda aprendi a falar francês depois de velha (risos). Não me arrependo nem um pouco da nossa decisão lá em 2019, sinto que a família ficou muito mais unida.

Se fosse pra eu dar uma dica pra mim mesma antes da mudança, seria de aprender o máximo de idiomas possiveis. Saber falar mais de um ou dois idiomas, facilita demais a adaptação, ainda mais pra uma pessoa comunicativa como eu.

Morar na Bélgica: a adaptação

Pra quem pensa em se mudar pro exterior, é necessário que esteja preparado financeiramente, pois os aluguéis estão ficando cada vez mais caros. Antes da mudança, o ideal é que já tenha algum trabalho em vista, pois nem sempre é fácil arrumar emprego, mas também conheço casos de pessoas que se mudaram com a cara e com a coragem e deu tudo certo, mas não é o que eu indico. É preciso também que a pessoa venha com algum tipo de visto ou alguma cidadania, pois também não é fácil o processo de legalização sem visto.

E pra quem vem com filhos, é necessário saber o período de inscrição nas escolas, e também é preciso ter em mente que o período escolar no exterior, na maioria dos países é diferente do Brasil. Geralmente, o ano escolar começa entre agosto e setembro, na maioria dos países europeus.

E além de toda essa parte burocrática, acho que quem pensa em se mudar de país, deve se preparar psicologicamente para estar longe de sua família e amigos, pois o maior desafio de um imigrante é enfrentar a distância física dos seus entes queridos.


Gostou da história da Leslie? Nós amamos! É muito inspirador ter a coragem de recomeçar em um outro país pela segunda vez, né? E se você quer ler mais histórias inspiradoras, continue com a gente e nos acompanhe nas redes sociais, logo logo teremos muito mais por aqui!


__

GARANTA SEUS INGRESSOS

Booking.com

SOBRE NÓS

O Voyajando surgiu do sonho de criar um espaço para trocar dicas de passeios, restaurantes, hotéis e tudo o mais que envolve os pequenos períodos maravilhosos da vida que chamamos de viagens. São elas que nos proporcionam a possibilidade de descobrir novos universos, ter contato com outras culturas e outros jeitos de ver a vida. O Brasil e o mundo estão cheios de lugares incríveis. Vamos conhecê-los juntos?

PASSEIOS EM ROMA

Posts  Relacionados

Deixe  um  comentário

2 Comentários

  1. Leslie Pinheiro

    Eu adoro o blog de vcs!!! E amei ler minha história aqui!! Foi uma honra pra mim esse convite!! Muito sucesso pra vcs🥰

    Responder
    • Jenifer Carpani

      Que felicidade ler que você gostou Leslie! Muito e muito obrigada por ter participado e compartilhado sua história com a gente! Temos certeza que vai inspirar muitas pessoas! 🥰

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.