Setor de aluguel de carros cresceu 334% desde o início da pandemia

Sim, você não leu errado. O setor de aluguel de carros cresceu 334% desde o início da pandemia. E esse percentual expressivo reforça o que já apresentamos nos posts – este e este – que falam sobre as tendências do turismo durante e após o novo Coronavírus. O carro é, sem sombra de dúvidas, um grande aliado dos viajantes para destinos próximos de casa. Afinal, as palavras de ordem ainda são: cuidado, saúde e segurança.

(Foto por Josh Hild em Pexels.com)

Segundo a Rentcars.com, a maior plataforma online de aluguel de carros da América Latina, as reservas de carros têm crescido mês a mês, com destaque para setembro. Em comparação com os agendamentos de diárias efetuados na plataforma em abril, o último mês apresentou um crescimento de 334%. Os dados reforçam o otimismo do setor de turismo para a maior data de vendas do ano, que é a Black Friday. “Já estamos preparando nossa plataforma e buscando ótimas negociações com as locadoras para oferecermos descontos de até 50%”, comenta a head de Product & Customer da Rentcars.com, Karine Nascimento.

Carros da categoria econômica são os prediletos dos brasileiros (Divulgação)

O perfil do viajante de carro

Segundo a empresa, os carros econômicos são os preferidos dos brasileiros para as viagens domésticas. Eles buscam aluguéis com média de cinco dias, com ar-condicionado e direção hidráulica. E a segunda categoria predileta dos viajantes – 14,46% dos casos – é a de SUVs.

A Rentcars.com destaca ainda que as reservas são efetuadas, em média, 26 dias antes da viagem. E Karine Nascimento dá a dica: “Para garantir o melhor preço e a disponibilidade, é recomendado que o viajante se programe e alugue o quanto antes. Como algumas locadoras reduziram sua frota durante essa época, é importante ficar atento para assegurar a reserva”

https://www.instagram.com/p/CAxpe14pYsB/

E os principais destinos?

Em 2020, São Paulo continua sendo a capital com mais retirada de carros, com 15,3% do total nacional; seguida de Rio de Janeiro, com 9,7%; Recife, com 8,4%; e Porto Alegre, com 7,30%. O destaque vai para Brasília, a quinta posição, que, pela primeira vez, entra no TOP 5 das reservas.

E os brasileiros não deixaram de fazer também suas reservas internacionais, o que mostra otimismo. Houve um crescimento de 60% no número em relação ao período anterior. Como as fronteiras dos Estados Unidos ainda estão fechadas para os brasileiros, novos destinos despontam como preferências, a exemplo de Cancún, responsável por 22,4% das reservas internacionais realizadas por brasileiros, seguido por Lisboa (13,1%) e Orlando (12,8%).

E aí, você já faz parte das estatísticas? Hahahaha já alugou um carro e saiu para dar uma volta? Conta para a gente! Aqui nos comentários ou lá no Instagram do Voyajando. <3


__

GARANTA SEUS INGRESSOS

Booking.com

SOBRE NÓS

O Voyajando surgiu do sonho de criar um espaço para trocar dicas de passeios, restaurantes, hotéis e tudo o mais que envolve os pequenos períodos maravilhosos da vida que chamamos de viagens. São elas que nos proporcionam a possibilidade de descobrir novos universos, ter contato com outras culturas e outros jeitos de ver a vida. O Brasil e o mundo estão cheios de lugares incríveis. Vamos conhecê-los juntos?

PASSEIOS EM ROMA

Posts  Relacionados

Deixe  um  comentário

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como se comporta o turista brasileiro na pandemia? O KAYAK responde! – Voyajando - […] Os destinos de praia e as viagens domésticas ganham destaque, enquanto o avião segue sendo o transporte preferido no…
  2. México é o segundo mercado da América Latina para a Rentcars.com – Voyajando - […] E apesar da crise causada pela pandemia do novo Coronavírus, 2020 foi um ano promissor para a Rentc… […]
  3. Rentcars.com lança programa de cashback – Voyajando - […] Com a alta demanda enfrentada pelas locadoras brasileiras, as promoções serão mais tímidas para quem quer aproveitar o território…
  4. Turismo de Natureza é a tendência da vez, segundo SEBRAE Inteligência Setorial – Voyajando - […] precisaram ser adotadas. Não é à toa que viagens regionais começaram a crescer, bem como aluguel de carros. A…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.