Epcot durante o International Food e Wine Festival

No nosso terceiro dia seguido de Disney resolvemos dar a volta ao mundo no Epcot. Esse é um parque que eu tinha amado visitar em 2014 e estava ansiosa para voltar à ele. Mas infelizmente nessa viagem não foi um dia 100% tranquilo porque choveu MUITO e, além disso, estava rolando o Epcot International Food & Wine Festival, que deixou o pavilhão dos países LOTADO. Também houveram muitas mudanças porque o parque estava passando por uma reforma grande, então acredito que na próxima vez que voltarmos ele terá ganho muitas melhorias. Enfim, vamos ver abaixo como foi o nosso dia no Epcot em Orlando no fim de outubro de 2019.

No início do dia, eu nem imaginava a chuva que viria pela frente!

Para começar, assim como em outros parques da Disney, estava tudo programado e os Fast Pass já haviam sido agendados com um mês de antecedência (vem ver aqui o post sobre o que você tem que saber antes de ir para Orlando). De manhãzinha exploramos o máximo que foi possível a área que têm as atrações e já de cara fomos ao SoarinAround the World, que estava com um filme novo (e nós adoramos a mudança). Saindo de lá, já começou a chover – e assim permaneceria durante todo o dia – então nós aproveitamos para ir ao Character Spot tirar foto com os personagens, já que era ali pertinho. Depois já entramos na fila do Awesome Planet (que fica dentro da bola prateada) e na sequência seguimos para o Test Track (que enquanto estávamos na fila parou algumas vezes de funcionar por conta da chuva) e o Mision: Space. Um parênteses aqui para dizer que o grupo se dividiu, e metade foi no sem emoção e metade no com emoção kkkk; e eu, como não fazia a menor questão de passar mal, fui de novo no sem emoção.

Veja todas as atrações do Epcot no site oficial da Disney.

Epcot International Food & Wine Festival

Seguimos então para o pavilhão de países e dessa vez, ao contrário de 2014, nós começamos pela esquerda, sentido pavilhão do México. Geralmente, nos meses de outubro e novembro está rolando o Epcot Internacional Food & Wine Festival, em que eles homenageiam vários países com quiosques de comidinhas e bebidas ao redor do mundo. Pelo que a gente percebeu nesse dia, é um evento bem aproveitado pelos próprios americanos, que vão de quiosque em quiosque experimentando os drinks (sim, muitas bebidas são alcoólicas).

Gente, estava LOTADO. Estávamos até planejando comer uma dessas comidinhas e tal, mas estava bem complicado de se locomover porque além de bem cheio a chuva não dava trégua.

No fim, acabamos comendo na Itália mesmo. Um pedaço de pizza com refrigerante, de pé, embaixo de um toldo, se protegendo ao máximo da chuva, kkkkkkk. Perrengues chiques à parte, já estávamos ensopados e um tanto quanto desanimados com a chuva, mas seguimos conhecendo o que dava para conhecer de cada um dos pavilhões dos países.

Fomos nessa “toada” até o fim do dia. De país em país, ora tomando chuva, ora não. Um ponto alto foi passear pelo pavilhão francês – que eu amo – e comer um docinho em um restaurante que tem ali dentro.

Teve uma hora que tivemos aquela sensação de “já deu”, mas queríamos esperar para ver o novo show do Epcot, o Epcot Forever, que substituiu o Illuminations que havíamos assistido em 2014. E também o pessoal que estava com a gente queria ver o show pela primeira vez. Resolvemos então assistir à apresentação que rola dentro do pavilhão dos Estados Unidos, que é como se fosse um teatro. E gente! O pessoal chegou a cair no sono, kkkkkkk. Aquele escurinho e esse ritmo desenfreado de parques seguidos deixou todo mundo muito cansado.

Após “renovarmos” as energias. Saímos para comer um lanche e esperar pela hora do show. Tomamos mais um monte de chuva na cabeça mas nos posicionamos em um bom lugar perto do lago para vermos o encerramento do dia no parque. Posso dizer que gostei MUITO do novo show do Epcot e no fim, fiquei feliz de ter esperado.

E esse foi o nosso dia no Epcot. Para ir embora de lá, apesar de também acumular muita gente, é bem mais tranquilo que no Magic Kingdom, já que o carro estava bem pertinho da entrada do parque – nem andamos de trenzinho nem nada. Se não fosse a chuva, acredito que a experiência teria sido outra. Mas infelizmente, assim como em 2014 “perdemos” o dia do Busch Gardens, há dias que chove e não há muito o que fazer. Se você tiver mobilidade na sua planilha e folga de dias na viagem, de repente veja se é possível fazer algumas mudanças para fugir dos dias de chuva – sempre acompanhamos a previsão do tempo no celular. Mas, se não houver jeito, o melhor é estar com uma capa de chuva na mochila (que não era o nosso caso, hahahahah) e aproveitar o máximo que der.

Até o próximo post de Orlando!

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s