Uma volta ao mundo pelo Epcot

Eu estava super ansiosa para conhecer o Epcot. Uns diziam que era o mais chato, já outros, o mais legal. Tem pessoas que acham o Epcot o mais bonito. E tem gente que até chorou no show de encerramento do dia, o Illuminations. O fato é que não tem jeito, por mais que a gente tente descrever cada um dos parques, eles são únicos, não dá para comparar e não dá para simplesmente odiar um ou amar tudo em outro. O Epcot para mim foi assim, um caso de amor.. mais amor do que ódio, mas sou suspeita.

Fomos no Epcot animados para conhecer os pavilhões dos países e algumas atrações. Eu gostei muito do parque e a única coisa que atrapalhou o nosso cronograma foi a distância entre os lugares (o parque é gigante) – principalmente entre o Future World (onde ficam as atrações e brinquedos) e o World Showcase (aquela parte onde ficam os países).

Explico porquê: assim como nos outros parques da Disney, no Epcot há o Fast Pass. Um benefício que te possibilita passar três vezes ‘na frente’ de quem está na fila. Todo mundo tem direito as suas três vezes e você pode agendar os seus Fast Pass na atração e horário que preferir (e tiver disponível). Para agendar o Fast Pass você pode usar o seu smartphone (baixando o aplicativo da Disney) ou em alguns espaços espalhados pelo parque para agendar ou mudar o seu Fast Pass. Daí, no horário determinado, você vai até a fila da atração que você agendou e entra na entrada do Fast Pass, passando na frente do pessoal que está na fila normal.

Como disse antes, o Epcot é separado em duas áreas que ficam distantes uma da outra. O Future World, onde tem a maioria das atrações, abre antes. Já a parte dos países abre mais tarde. O fato é que, após andarmos em algumas atrações, nós tinhamos agendado um Fast Pass para um horário X e fomos almoçar no World Showcase, no Japão.. que fica do oooooutroooo lado do lago. Então andamos até lá e tal e quando chegamos lá vimos que teríamos que voltar correndo após o almoço para o Future World, para usarmos o nosso Fast Pass. Só que nesse meio tempo, tentamos por meio do aplicativo trocar o horário e a atração, mas o aplicativo não atualizou. Então para não perdemos o Fast Pass (se você não usa no horário, você perde), fomos mamais uma vez para o Future World. Chegando lá, o Fast Pass não estava agendado para o horário que marcamos. Aí ficamos com cara de ‘ué?’. Fomos até um desses espaços que tem os totens para reagendar o Fast Pass e vimos que ele havia sim mudado. Ou seja, o nosso horário da atração ficou para muuuito mais tarde: e lá vamos nós de novo para a área do World Showcase para vermos os pavilhões dos países.. hehe. Mas tudo bem, quase perdi as pernas mas beleza.. andamos MUITO nesse dia, juro.

Mas falando das atrações, o Epcot não tem taanta coisa assim de ‘brinquedos’. Tem coisas realmente imperdíveis, tipo o Test Track e a Spaceship Earth (achei bem legal). O Soarin é legal de ir, mas me decepcionou um pouco e a Mission Space é bacana para entrar na brincadeira e fingir que você é um astronauta (haha), mas só também. Uma coisa que com certeza os amantes de refrigerante dizem ‘amém’ é a Club Cool, uma loja da Coca Cola em que você pode tomar refri de grátis! Tem refrigerantes de várias partes do mundo e o nosso Brasilzão está representado pelo refrigerante Kuat, mas no dia não tinha =(.

Já a parte dos pavilhões dos países eu achei FANTÁSTICA. É muito legal o processo de imersão nos locais super diferentes uns do outro. É tudo muito, muito bem feito e você sente na hora que ‘saiu de um país e entrou em outro’. Cada país homenageado também ganhou lojinhas com produtos típicos, o que deixa o passeio bem mais legal para pessoas como eu que amam uma lojinha – mesmo que não vá comprar nada, já que é caro hahahah #pobre.

Os países são mesmos lindo e é difícil escolher um preferido. Acho que entre os que mais gostei estão o Marrocos, a China e o México. Os outros são igualmente maravilindos, tipo a Itália, o Japão, a Alemanha.. enfim. Vale muito a pena explorar cada pedacinho do Epcot, com certeza cada vez que vamos tem uma coisa diferente para ver.

Para acabar o dia cansativo, chegue com antecedência em um bom local para ver o Illuminations. Nós escolhemos assistir ao show da Itália, e foi muito legal, deu para ver bem. Chegamos quase uma hora mais cedo (trauma do Magic Kingdom, que por muita sorte conseguimos assistir, porque quando chegamos já estava cheio), e foi super válido, já que ficamos sentados no chão descansando um pouco e conversando enquanto esperávamos pela atração da noite.

*Informações de 2014

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s