Gellert Spa em Budapeste

Você sabia que Budapeste, na Hungria, é considerada a capital mundial das águas termais? A cidade possui, pelo menos, 120 fontes. Em minha passagem por lá, em outubro de 2018, (eu e o marido) escolhemos conhecer o Gellert Spa, principalmente por causa do seu horário de funcionamento (das 6h às 20h), já que meu ônibus ia chegar bem cedinho na rodoviária (estava vindo de Praga). Não sei se foi o horário – porque era muito cedo e passamos a noite viajando – ou a língua oficial, mas foi uma experiência confusa no início e deliciosa no final. E vou contar o porquê.

Os armários e as cabines

O Gellert Spa oferece ou um armário ou uma cabine para guardar os pertences pessoais durante a visita. É obrigatório escolher entre eles. Mas, qual a diferença? Os armários são perfeitos para quem já vai pronto para o banho. São pequenas caixas com cadeado que comportam perfeitamente bolsas ou mochilas. Já as cabines são – um pouco mais caras e – como provadores em que a chave (uma pulseira que entregam a você na bilheteria) fica com você. Então, além de poder se trocar lá dentro, você também pode deixar sua mala. Foi a nossa opção. O desafio foi aprender a fechar a porta, mesmo com placas explicativas. Confusão #1.

As piscinas do Gellert Spa

Depois de vencermos as cabines, fomos para a área das piscinas. Isso mesmo, no plural, piscinas. Vale ressaltar que, quando viajamos para Budapeste, o tempo já estava frio. Então, funcionavam apenas as piscinas internas do Gellert Spa. Todas com águas termais naturais. É claro que a primeira que encontramos era a mais – bonita, instalada no salão de estilo Art Nouveau e – “fria”, com temperatura de 36ºC. Eu não consegui encarar, mas o marido foi.

Porém, quando chegamos, havia um grupo de idosos praticando hidroginástica. No fim da aula, eles dispersaram e foram para o outro lado da piscina. Foi aí que encontramos as – verdadeiras! – piscinas termais, com águas quentinhas, que chegavam a 40ºC. Daí foram só sorrisos! Resolvida a confusão #2!

Quando a água tá quentinha ❤

O Gellert Spa

As águas do Gellert Spa são proveniente do monte no qual ele foi construído, o Gellert Hill. São ricas em nutrientes como cálcio, magnésio e sódio, e reconhecidas por suas propriedades medicinais desde o século XII. Reza a lenda que os Cavalheiros de São João estiveram ali bem como os turcos. Fundado em 1918, o Gellert Spa se coloca como uma alternativa mais tranquila e relaxante ao badalado Szechenyi Baths, um dos mais frequentados por turistas.

Informações importantes

O Gellert Spa recomenda a compra antecipada das entradas pelo seu site. Principalmente se o visitante optar por tratamentos adicionais como massagens, que estão sujeitas à disponibilidade de horários. É possível alugar também toalhas, roupas de banho (uso obrigatório) e roupões. Para mergulhar, ou seja, molhar os cabelos, é preciso comprar toucas, tipo de natação.

Embora a área das cabines seja compartilhada, os banheiros são separados por gênero. É possível encontrar secadores de cabelos à disposição dos visitantes lá.

Recomendamos? Com certeza! Principalmente se você, assim como nós, chegará em Budapeste em um horário onde as principais atrações turísticas ainda estão fechadas. Após a viagem noturna de ônibus, entrar em uma água quentinha é relaxante e, ao mesmo tempo, revigorante. Depois do banho, tomamos nosso café da manhã na lanchonete do próprio Gellert Spa e fomos fazer o check-in para começar a turistar na cidade.

Ah, e não esquece de seguir a gente no Instagram!

Um beijo,
Jeanine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s