Volcano Bay e Aquatica: Parques Aquáticos de Orlando

E aí pessoal, estão gostando da nossa série sobre a minha viagem à Orlando em 2019? Reescrevi parque por parque por aqui para contar a minha experiência nessa segunda viagem pela terra da magia americana. Se você gosta de lá assim como nós gostamos, sabe que existem algumas estratégias (que eu já contei aqui no blog, vai lá ler) para driblar ou reduzir o cansaço que a maratona de parques produz na gente. Uma delas são os parques aquáticos de Orlando. E mesmo se você não é um grande fã de parques aquáticos, de repente é legal dar uma chance a esses dois que vou citar aqui – até porque os ingressos são comprados em conjunto com os grupos Sea World (no caso do Aquatica) e Universal (no caso do Volcano Bay).

Resolvi colocar os dois parques aquáticos que fomos em 2019 juntos para facilitar. Até mesmo porque existem diferenças e semelhanças entre eles que é legal pontuar – caso você queira optar por apensa um deles. Bora conferir então?

Aquatica

Nós literalmente ganhamos o ingresso para visitar o Aquatica quando adquirimos as entradas para o Sea World e o Busch Gardens. E como precisávamos de um dia de descanso após a maratona de compras + três parques seguidos da Disney (todos com shows de encerramento tarde da noite), ele foi o escolhido para o nosso sábado de sol. Esse foi nosso primeiro fim de semana na cidade e o primeiro parque aquático que visitamos (em 2014 eu não fiz nenhum parque aquático), então estávamos animados pelo dia de descanso + aventura que os toboáguas prometiam.

Entrada do Aquatica em Orlando

(Ah, nesse dia também tivemos a companhia da minha amiga Pamella, que cruzou os Estados Unidos para passar o fim de semana em Orlando com a gente. Vocês já conheceram a Pam aqui quando ela contou sobre o intercâmbio de au pair na Califórnia, na #sérieintercâmbio)

A chegada no Aquatica foi bem tranquila e, assim como o Volcano Bay aqui embaixo, eu quase não tenho fotos desse dia porque estava simplesmente aproveitando! Foi um dia de descanso real, apesar de subirmos dezenas de degraus e escadas para alcançar os topos dos toboáguas. E quanto às atrações, já dou destaque, de imediato, à Ihu’s Breakaway Falls. Foi a primeira cápsula que encarei na vida e quase morri do coração quando a gente fica ali naquele curto espaço do tempo esperando o chão se abrir sob seus pés e você cair no toboágua. Inclusive bebi bastante água nesse processo e não recomendo, kkkkkk.

Comemos um lanche no meio do dia e descansamos um pouco para, à tarde, voltarmos nas atrações que mais gostamos. Fizemos todos os toboáguas do Aquatica e nos divertimos bastante. Outro destaque é a Dolphin Plunge, que passa dentro do tanque de golfinhos – na real, nem dá para ver muito os golfinhos porque você passa muito rápido por ali.

As atrações mais tranquilas de aproveitar são as de boias – como a Walhalla Wave, a Tassie’s Twisters e a Ray Rush. E dessas de boias, dou preferência para as que a gente não tem que carregar as boias gigantescas escada acima, kkkk.

Confira todas as atrações do Aquatica de Orlando no site oficial do parque.

Próximo do parque fechar, levantamos acampamento e fomos ainda dar uma voltinha em alguns clearances e outlets da vida, já que estávamos próximos do centro de Orlando.

Volcano Bay

Assim como fizemos com o Aquatica, deixamos o Volcano Bay para um dia em que precisávamos de descanso. Apesar de ele ser mais radical que o Aquatica – e suas instalações são BEM mais novas, porque é um parque novo, também há opções para o pessoal que não quer aventura depois de uma semana inteira de montanhas-russas, hahahaha.

O vulcão majestoso do Volcano Bay

Quando fui à Orlando em 2014, o Volcano Bay não existia ainda. A novidade, quando chegou, foi muito divulgada, principalmente pelos seus toboáguas insanos. Em 2019, eu tinha acabado de ter a experiência da cápsula pela primeira vez na vida e não sabia se estava muito “apta” na coragem de ir de novo. Mas fui em uma das três disponíveis e foi bem legal – bem mais do que no Aquatica. Mesmo assim, só fui nessa. Uma vez por aquele dia estava bom, hahahahaha.

No mais, nos aventuramos nas diversas atrações do Volcano. O dia não estava muito ensolarado mas, pelo menos, não choveu. Então pudemos aproveitar bem e subir todas aquelas escadas, descendo nos toboáguas das maneiras mais diferentes. Ora em boias, ora “sozinhos” mesmo. Os parques aquáticos rendem bastante diversão para quem gosta de piscina, e são uma atração à parte de Orlando, bem diferente dos parques temáticos.

Adoramos que muitas das atrações são dentro do próprio vulcão, e aqui dou destaque para a Krakatau Aqua Coaster (uma espécie de montanha-russa/toboágua, hahahah); e, claro, as amedrontadoras (na minha opinião) Koo’okiri Body Plunge e Kala & Tai Nui Serpentine Body Slides.

Veja todas as atrações do Volcano Bay diretamente no site deles.

Ah, e para a época de temporada, o Volcano Bay possui uma pulseirinha, chamada TapuTapu, que eles entregam na entrada do parque. Funciona assim: você ganha essa pulseira a prova d’água para usar durante o dia todo. Você utiliza ela na entrada das atrações, para guardar seu lugar na fila virtual do parque. Aí você pode se divertir no restante das piscinas até a hora de ir para a atração. A pulseira TapuTapu também pode servir para destrancar armários, fazer pagamentos sem dinheiro, entre outros benefícios (confira todos aqui).

No fim nós acabamos não precisando usar a pulseira porque o parque estava bem vazio no dia, então já entrávamos na fila direto. Por isso mesmo, não posso dizer como é a experiência da pulseirinha, apesar de achar a ideia ótima (afinal, ninguém merece ficar molhado em uma escada, parado na fila que não acaba nunca, esperando sua vez de poder brincar).

Aproveitamos o Volcano Bay até o fim do dia também e foi um ótimo jeito de fechar a segunda semana de parques que fizemos em Orlando.

Parques Aquáticos em Orlando

De verdade, eu super recomendo deixar um dia, ou mais, para ir à um parque aquático em Orlando. E se você tiver a opção de ir em um só, eu escolheria o Volcano Bay. Agora, se você prefere não investir muito para ir em um parque aquático, o Aquatica foi nossa opção mais “em conta”. De novo, tudo depende do seu planejamento financeiro e dos dias que você tem.

E se você não é da pegada radical, tudo bem. Os parques aquáticos têm espreguiçadeiras que possibilitam você descansar o dia todo. Algumas das meninas que estavam com a gente também não estavam nessa pegada aventureira e conseguiram até cochilar ali na prainha artificial, sob os guarda-sóis. Também há várias atrações mais “tranquilas” com bóias gigantes, praia de ondas artificiais e o riozinho, que você pode ficar se deixando levar pela correnteza.

Outros parques aquáticos

Segue aqui também a lista de opções dos demais parques aquáticos que existem na região de Orlando – e que nós não fomos – para você poder se inteirar e conhecer:

  • Discovery Cove
  • Disney Typhoon Lagoon
  • Disney’s Blizzard Beach
  • Legoland Water Park

Gostou do post sobre os parques aquáticos? Para quem está chegando agora, estamos fazendo uma série enorme de posts sobre a minha viagem para Orlando em 2019. Acompanhe tudo por aqui e saiba mais sobre como planejar uma viagem para essa cidade única no mundo. Aproveita e segue a gente também no Instagram do Voyajando, por lá você fica sabendo muito mais rápido das maiores novidades sobre nossas andanças pelo mundo.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s