O que fazer em Colônia del Sacramento, no Uruguai?

A cidadezinha, situada à beira do Rio da Prata, é uma das principais atrações do Uruguai e um convite a um passado não muito distante. Fundada em 1680 por portugueses, Colônia del Sacramento foi palco de inúmeros conflitos e disputas entre os reinos de Portugal e Espanha, principalmente pela sua localização estratégica. Essa guerra entre os impérios pode ser observada até hoje ao andar pelas suas ruas de paralelepípedos e observar seus prédios com diferentes estilos arquitetônicos.

Ah, Colônia! ❤

Colônia del Sacramento foi considerada, em 1995, um Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO. Localizada a 180 km de Montevidéu e 50 km de Buenos Aires – por isso, muitas pessoas visitam a cidade a partir da capital argentina de barco – a cidade mais antigas do Uruguai possui construções preservadas e caminhar por lá é como viajar no tempo.

Mas, o que fazer em Colônia del Sacramento?

A atmosfera da cidade, por si só, já é uma bela atração. Seus prédios antigos, árvores e flores transportam o visitante para o século XVIII com facilidade. E eu sei que eu estou repetitiva aqui, mas é porque Colônia del Sacramento foi minha parte favorita do Uruguai. Entre os destaques estão a Basílica do Santíssimo Sacramento, a Porta do Campo (Puerta del Campo), o Farol e os seus pequenos museus espalhados pela cidade. O mais legal é que você compra um bilhete e pode entrar em todos eles. Mas vale se atentar aos dias de funcionamento, eles se revezam.

#1 Portão da Cidadela (Puerta del Campo)

É o principal acesso ao centro histórico de Colônia del Sacramento. É o início da viagem ao passado. Sua ponte de madeira levadiça e o grande portão fazem parte de uma espessa muralha que defendia a cidade do ataque dos inimigos. É possível ver, ainda hoje, os canhões ao longo de sua extensão.

Portão da Cidadela

#2 Calle de los Suspiros

É uma rua cheia de lendas e de mistérios, principalmente acerca do seu nome. Alguns dizem que passavam pela via condenados à morte e ali davam os seus “últimos suspiros”. Outros falam que nesta rua ficavam as casas de prostituição e os reais suspiros eram dos homens e mulheres que se encontravam por lá.

A plaquinha mais famosa de Colônia del Sacramento

#3 O Farol

É comum visitar faróis em cidades costeiras – já que orientam e auxiliam a navegação nas águas – e o Farol de Colônia del Sacramento não é diferente. Com 34 metros de altura, é uma das atrações mais populares da vila e lá de cima é possível ter uma vista panorâmica do centro e do Rio da Prata.

Estava frio! Mas eu estava animada!

#4 Museus

Existem diversos pequenos museus espalhados pela cidade. O Museu Indígena, por sua vez, fica em uma construção espanhola do século XIX e expõe artefatos dos povos que viveram na região antes da chegada dos europeus. O Museu do Azulejo, localizado em uma casa portuguesa em frente ao rio, exibe coleção de azulejos de diferentes lugares do mundo. Ah, visitamos também o Museu e Arquivo Histórico Regional que conserva paredes e pisos originais. Ele conta a história de Colônia através de objetos antigos e restaurados.

Além desses, você encontra na cidade: Museu Português, Museu Espanhol, Museu General César Dias, Museu e Arquivo Regional de Colônia Suíça, Museu de Naufrágios e Tesouros, Museu de Coleção Arenas e Casa de Nacarello.

Muitas pessoas visitam também a Plaza de Toros, local onde aconteciam touradas. Ela fica um pouco mais afastada de todos os outros pontos turísticos e nós optamos por não ir.

Também não visitamos a Basílica do Santíssimo Sacramento, apenas passamos por ela na praça. Assim como Colônia del Sacramento é a cidade mais antiga do Uruguai, não é estranho que seja o lar da igreja mais antiga do país. Construída em 1680 no centro da cidade, a igreja teve que ser restaurada diversas vezes por conta dos conflitos entre Portugal e Espanha.

Dicas do Coração

Se você chegou até aqui deve ter percebido que sim, eu não poderia recomendar Colônia del Sacramento o suficiente. Mas, confesso, além dos pontos turísticos citados acima, a cidade não tem muito mais a oferecer. Nós ficamos um dia na cidade e, em meio período, já havíamos percorrido grande parte das atrações.

Por isso, não deixe de aproveitar os restaurantes, cafés e bares da região. Aproveite! Ah, e temos aqui um post antigo sobre os Encantos do Uruguai, tem algumas informações de Montevideú e Punta del Leste também.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s