Praça da Sé

Considerado o centro geográfico da cidade. Ali está o marco zero do município e a partir dela se conta a distância de todas as rodovias que partem de São Paulo, além da numeração das vias públicas. Originalmente era chamada de Largo da Sé e foi desenvolvida no período colonial, durante a construção da igreja matriz de São Paulo. Passou por reformas em meados de 1970, durante a construção do metro, e depois, novamente, em 2006.

Palco de eventos importantes como o Diretas Já, a praça abriga também a Catedral Metropolitana de São Paulo – conhecida como Catedral da Sé, a maior igreja de São Paulo, com capacidade para 8 mil pessoas em seus 110 metros de comprimento, 46 metros de largura e 92 metros de altura (torres e cúpula com 30 metros).