Voyajando Gastronomia: como fazer (e de onde veio?) o Tiramisù?

Tiramisù é a junção das palavras italianas tirami (me puxe) e (acima). Ou seja, é um doce digno de “levante-me!” ou “puxe-me para cima!” E como isso? Pela união do energizante café e do estimulante chocolate que, junto com o queijo – ou creme de – mascarpone, formam a santíssima trindade da sobremesa.

O tiramisù é tão famoso mundo afora e tão importante para a gastronomia italiana que diversas regiões disputam – ou reivindicam – a maternidade da sobremesa. Quem de fato a inventou? Ninguém sabe! São inúmeras suposições, mas eis as duas correntes mais fortes:

Quem acredita que o Tiramisù nasceu em Treviso, na região de Veneto, por exemplo, acredita na história que a sobremesa tenha sido inventada dentro de uma casa de prazer com o intuito de dar mais energia para as mulheres que trabalhavam ali e aos seus clientes, após uma noitada no estabelecimento.

Mas, foi a região Friuli-Veneza Giulia conseguiu certificar o Tiramisù na lista de Produtos Agroalimentares Regionais, o famoso PAT. Isso quer dizer que o Ministério das Políticas Agrícolas da Itália reconhece o produto como vindo desta região, mais especificamente de Gorizia e Údine. Sim, duas cidades. O documento aponta dá a paternidade a dois estabelecimentos, um restaurante e uma trattoria, um de cada comuna.



Eu – que não sou muito louca – não tenho pretensão de vestir uma camisa e entrar em um dos lados da disputa. Sim, disputa. É uma questão muito sensível para as regiões envolvidas. Só achei importante trazer o assunto para a discussão. Afinal, trata-se do doce italiano mais famoso do mundo!

Fiquem agora com a receita do Tiramisu da chef de cozinha Carol Góes, da Cantina Tia Lina, um restaurante de São Roque, em São Paulo.

TIRAMISÙ

Ingredientes

– 3 gemas;
– 350 gr de cream cheese;
– 180 gr de mascarpone;
– 150 gr açúcar;
– 200g chantilly;
– Essência de baunilha a gosto;
– 1 pct de biscoito champanhe;
– 1 colher de sopa café solúvel;
– 1 colher de chá chocolate em pó 50%;
– 15 ml de licor de café;
– 100 ml de água;
– Essência de amêndoas a gosto

Tiramisù (Divulgação/Cantina Tia Lina)

Modo de preparo

Creme:
Coloque as gemas em uma panela e leve ao banho maria, mexendo até engrossar e mudar de cor, retire do fogo e coloque em uma batedeira. Acrescente o açúcar, cream cheese e bata até ficar homogêneo, em seguida coloco o chantilly, mascarpone e umas gotinhas da baunilha e reserve.

Calda:
Aqueça a água, dissolva a café e o chocolate em pó, adicione o licor e umas gotinhas da essência de amêndoas.

Montagem do prato:
Umedeça os biscoitos na calda e disponha sobre a travessa e cubra com o creme, alise e leve até a geladeira por no mínimo 6 horas, polvilhe chocolate em pó para servir.

E pronto! Quando servir, é só falar mangia che te fa bene. Em tradução livre seria algo como “coma que te faz bem!”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s